20 MITOS DE BELEZA – MITO 2: PRODUTOS TESTADOS DERMATOLOGICAMENTE SÃO MELHORES DO QUE OS OUTROS?


A vida deu uma turbinada tão linda esses últimos dias que eu não tive tempo nem nada acessível pra poder postar pra vocês. Mas estou de volta com o 2º Mito desvendado da saga “20 Mitos de Beleza“!

Hoje eu vim falar pra vocês do famoso termo tão querido por nós nas embalagens de produtos cosméticos. Quem nunca leu “Dermatologicamente testado”, “Hipoalergênico”, “Não Comedogênico”, etc.. Pois bem será que vale a pena optar por adquirir produtos apenas por estes termos inclusos nas embalagens? Eu vim aqui debater com vocês o mito dos produtos dermatologicamente testados.

A Industria de beleza sempre está a procura de termos e ingredientes milagrosos que chamam a atenção dos consumidores. Nós sempre estamos querendo obter o produto mais moderno, mais tecnológico, não testado em animais, que tenha resultados rápidos, eficazes e duradouros. Ufa! É tanta coisa pra analisar antes de comprar um produto de beleza que até cansa! A gente não sabe por onde começar. Mas muita gente fecha os olhos e opta pelos produtos dermatologicamente testados. Afinal, se os médicos falam que ele é bom, deve ser maravilhoso, não é verdade? E os anti alérgicos? Perfeito para peles sensíveis!!! E o melhor de todos: Não comedogênicos, que não irão entupir nossos preciosos e delicados poros! 🙂

Mas será que isso tudo é verdade mesmo? Vamos ver o que a Paula do Paula’s Choice tem a dizer sobre isso..

De acordo com a equipe da Paula’s Choice, não há absolutamente nenhum teste, método, ingredientes, restrições, regulamentações, procedimentos ou regras, em nenhum lugar do mundo que determine se um produto está qualificado ou não para ser “hipoalergênico”. Qualquer empresa pode colocar em sua embalagem que um produto é hipoalergênico, pois não há nada que valide esta afirmação! Não é doido? As empresas fazem isso justamente para atrair consumidores que procuram produtos sensíveis para a pele. E mesmo que os consumidores peçam provas de que este produto é para peles sensíveis e pessoas suscetíveis a alergias, como eles vão provar se não há padrões que regulamentam esta afirmação? Interessante, não é verdade?

A equipe da Paula analisou diversos produtos que contém estas afirmativas na embalagem e por incrível que pareça, vários produtos continham ingredientes que podem acarretar alergias e pequenas reações em peles sensíveis (como vermelhidão, espinhas, cravos, ressecamento, etc.).

O termo dermatologicamente testado também é muito duvidoso e eu vou explicar o porquê disso! Quando lemos dermatologicamente testado ou recomendado por dermatologistas, nós costumamos pensar que os médicos estão realmente interessados em avaliar produtos que são feitos com ingredientes próprios para pele, que funcionem e que valham a pena. Mas nós nunca sabemos quais dermatologistas testaram os produtos, como foram os testes, com quantas pessoas, os resultados. Não sabemos de nada além do ‘dermatologicamente testado’. Além disso, muitos médicos são contratados pelas empresas para afirmar e colocar seu número de registro para que o produto em questão tenha maior credibilidade aos olhos dos consumidores.

Então devemos sempre estar atentos aos ingredientes dos produtos e não apenas no que a embalagem diz!

Anúncios

Um comentário sobre “20 MITOS DE BELEZA – MITO 2: PRODUTOS TESTADOS DERMATOLOGICAMENTE SÃO MELHORES DO QUE OS OUTROS?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s