Quando a dieta se torna uma obsessão e afeta a sua vida social


Oi, minhas lindezas. O post de hoje é sobre um assunto muito sério que já aconteceu comigo na minha vida. Quando a dieta se torna uma obsessão.

Quem está fazendo reeducação alimentar, quem sofre com excesso de peso e está numa constante dieta sabe que foco e disciplina são essenciais para um resultado positivo. A gente conta caloria, vigia cada coisa que colocamos na boca, contamos pontos, acabamos vivendo pra dieta e pro estilo de vida que escolhemos pra gente.

Durante a minha jornada de emagrecimento e reeducação alimentar eu fui pros dois extremos, já estive dos dois lados e sei do que estou falando. Já fui obesa (pesando 115kg) e já estive a um ponto de adquirir um tipo de distúrbio alimentar (chegando a mastigar a comida e cuspir pra não ter que engolir e aquilo se “transformar em gordura” no meu corpo, eu fazia uma dieta de 800 calorias, chegando a 600 por dia).

Depois de quase um ano fazendo isso, eu parei e descobri que aquilo estava se tornando uma obsessão muito grande na minha vida. Eu já não saía com os amigos porque eles sempre iam comer fora. Eu já não comia coisas das quais eu não sabia quantas calorias tinha, ou como havia sido preparado.. Aquilo começou a incomodar aos que estavam presentes no meu círculo de amizades. Os meus amigos não entendiam, não achavam saudável e cada vez menos me chamavam pra sair ou fazer alguma coisa, pois sabiam que eu não iria aceitar.

O ponto principal deste post é mostrar pra vocês que o equilíbrio é a chave pra qualquer coisa nesta vida. Seja profissional, pessoal, social, amoroso. NADA pode se tornar uma obsessão na vida. As coisas precisam de um equilíbrio quase perfeito para que fluam naturalmente e possam aprimorar o seu espírito e a sua vida. Você pode sair, comer com os amigos, tomar um drink, mas desde que você saiba equilibrar antes e depois deste acontecimento.

7019348-sunrise-morning-mist

Exemplificando melhor: você sabe que pão francês não tem valor nutritivo algum, não alimenta o corpo. Mas se você gosta e se sente mal por não comer um pão francês, COMA! Coma um pão no final de semana, talvez um pão pela manhã, mas no restante do dia saiba equilibrar e não cometa outros exageros. Atualmente eu tomo uma colher de açúcar demerara no meu café com leite. Eu como o que me faz bem e o que eu sei que fico feliz comendo. E assim o meu corpo responde bem, eu me sinto em paz e me sinto feliz. Apenas por comer o que eu gosto e o que eu acho ser necessário para alimentar minha alma, além do meu corpo.

36554-My-Quiet-Place

E é assim que a vida funciona, a gente vai encontrando o que funciona pra nossa vida e o que nos faz bem. Achar o equilíbrio e a paz é uma constante aplicação de tentativa e erro. A gente erra, aprende que aquilo não é o certo e tenta de novo. Até acharmos o nosso caminho. Este caminho sempre será diferente de outrem porque somos únicos. Não existe alguém igual a nós então você sempre achará algo que te faz bem e que é completamente diferente de outra pessoa.

Quem quiser saber mais sobre isso, tem vídeo lá no canal do YouTube.

Anúncios

Um comentário sobre “Quando a dieta se torna uma obsessão e afeta a sua vida social

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s