50KG em 1 Ano, Papo Saúde, Pensamento do dia

Quando a dieta se torna uma obsessão e afeta a sua vida social

Oi, minhas lindezas. O post de hoje é sobre um assunto muito sério que já aconteceu comigo na minha vida. Quando a dieta se torna uma obsessão.

Quem está fazendo reeducação alimentar, quem sofre com excesso de peso e está numa constante dieta sabe que foco e disciplina são essenciais para um resultado positivo. A gente conta caloria, vigia cada coisa que colocamos na boca, contamos pontos, acabamos vivendo pra dieta e pro estilo de vida que escolhemos pra gente.

Durante a minha jornada de emagrecimento e reeducação alimentar eu fui pros dois extremos, já estive dos dois lados e sei do que estou falando. Já fui obesa (pesando 115kg) e já estive a um ponto de adquirir um tipo de distúrbio alimentar (chegando a mastigar a comida e cuspir pra não ter que engolir e aquilo se “transformar em gordura” no meu corpo, eu fazia uma dieta de 800 calorias, chegando a 600 por dia).

Depois de quase um ano fazendo isso, eu parei e descobri que aquilo estava se tornando uma obsessão muito grande na minha vida. Eu já não saía com os amigos porque eles sempre iam comer fora. Eu já não comia coisas das quais eu não sabia quantas calorias tinha, ou como havia sido preparado.. Aquilo começou a incomodar aos que estavam presentes no meu círculo de amizades. Os meus amigos não entendiam, não achavam saudável e cada vez menos me chamavam pra sair ou fazer alguma coisa, pois sabiam que eu não iria aceitar.

O ponto principal deste post é mostrar pra vocês que o equilíbrio é a chave pra qualquer coisa nesta vida. Seja profissional, pessoal, social, amoroso. NADA pode se tornar uma obsessão na vida. As coisas precisam de um equilíbrio quase perfeito para que fluam naturalmente e possam aprimorar o seu espírito e a sua vida. Você pode sair, comer com os amigos, tomar um drink, mas desde que você saiba equilibrar antes e depois deste acontecimento.

7019348-sunrise-morning-mist

Exemplificando melhor: você sabe que pão francês não tem valor nutritivo algum, não alimenta o corpo. Mas se você gosta e se sente mal por não comer um pão francês, COMA! Coma um pão no final de semana, talvez um pão pela manhã, mas no restante do dia saiba equilibrar e não cometa outros exageros. Atualmente eu tomo uma colher de açúcar demerara no meu café com leite. Eu como o que me faz bem e o que eu sei que fico feliz comendo. E assim o meu corpo responde bem, eu me sinto em paz e me sinto feliz. Apenas por comer o que eu gosto e o que eu acho ser necessário para alimentar minha alma, além do meu corpo.

36554-My-Quiet-Place

E é assim que a vida funciona, a gente vai encontrando o que funciona pra nossa vida e o que nos faz bem. Achar o equilíbrio e a paz é uma constante aplicação de tentativa e erro. A gente erra, aprende que aquilo não é o certo e tenta de novo. Até acharmos o nosso caminho. Este caminho sempre será diferente de outrem porque somos únicos. Não existe alguém igual a nós então você sempre achará algo que te faz bem e que é completamente diferente de outra pessoa.

Quem quiser saber mais sobre isso, tem vídeo lá no canal do YouTube.

Anúncios
50KG em 1 Ano

Eu também cometo deslizes durante a dieta!

Sim! Finalmente vim com vídeo novo no Canal, para a alegria das minhas lindas! Como o vídeo é auto explicativo, não vou me prolongar no post. Mas quero agradecer o carinho de vocês que também não me abandonaram! Obrigada pelos emails, palavras carinhosas e com certeza isso me faz ter alegria e força pra continuar a seguir em frente. Vamos conferir o que aconteceu comigo durante esse mês de Junho? E tem participação especial no meio do vídeo! Hahaha!

50KG em 1 Ano

PERDER 50KG EM 1 ANO: Compulsão alimentar e ir em festas, o que fazer? Como agir?

Oi, meus lindos! Tudo certinho? Eu sei que hoje é terça feira mas eu tive problemas sérios com o vídeo que eu gravei no domingo, e só consegui converter as coisas hoje. Fiquei tão triste porque achei que teria de gravar tudo de novo, e eu tinha gostado do vídeo. MAS, Deus é maior e eu consegui fazer tudo direitinho pra vocês! Só não ficou com a minha famosa trilha sonora dos vídeos mas a gente releva, hahaha!

Hoje eu vim falar sobre compulsão alimentar e o que fazer quando nós “temos” que sair da dieta. O que eu fazia, o que eu ainda faço? E ainda tenho dicas de como superar aquela vontade louca de comer o  mundo inteiro. Vamos conferir? Assista o vídeo, clica em gostei pra me ajudar a saber que você ainda tá aí do outro lado e se inscreve no canal!

Lembrando que quem quiser me manda email, é só enviar o desabafo para: renatagsouza@gmail.com que eu respondo com todo o carinho e amor do mundo! Se eu demorar a responder é o Gmail mandando o email pra caixa de spam, mas estarei conferindo sempre! Me enche de alegria quando recebo um comentário carinhoso ou um email de desabafo.

PARA A GALERA DA MAQUIAGEM!

Eu não vou parar de fazer resenhas de maquiagem não, e nem de dar dicas Não Tão Caras! Só deixem eu tentar conciliar tudo ao mesmo tempo, que tá difícil! ❤

50KG em 1 Ano

50 KG EM 1 ANO: como VOCÊ se sente?

50KG EM 1 ANO, o ápice do desespero.

Hoje eu vim aqui pra falar sobre algo que muita gente sente mas que quase ninguém tem a coragem de admitir, ou por diversas SE ENGANAM pensando que não tem nada a ver. Mas tem sim. Eu sei disso. Hoje eu vim falar do que o sobrepeso causa na nossa alma. Hã? Isso mesmo! Aqui vai um pouquinho da minha história, desde o comecinho.
Sempre fui uma criança gordinha, eu não fui o tipo de pessoa que engordou uns kg de um tempo pra cá, ou que relaxou e ganhou os kg todos que precisava perder. Eu sempre fui gordinha.

Então eu sempre “aprendi” a conviver com o sobrepeso, com as piadinhas, com a rejeição.. Antigamente as crianças faziam piadas e ninguém se importava, hoje em dia qualquer coisa é bullying. Pois bem, eu ainda sei de cór as músicas que criaram pra mim, com tanto carinho. Pra não dizer o contrário, hahaha. Elas ecoam na minha mente e hoje em dia não fazem tanta diferença, mas quando criança eram de matar o coração pouco a pouco. Na adolescência, a mesma coisa. Era a mais gordinha da sala, a mais sem graça, a “amigona” dos nerds, porque as bonitonas só andavam com.. as bonitonas, logicamente. Nunca reclamei, porque como eu disse acima, eu cresci aprendendo a ser gorda, aprendendo a conviver com isso.

Tá, e o que a alma tem a ver com tudo isso? De tanto me esconder, não sair, ser alvo de piadinhas (mesmo que umas sejam ‘ahh, você sabe que é brincadeira, boba’), ouvir de MUITAS PESSOAS “seu ROSTO é tão lindo” (lógico, do pescoço pra baixo é um horror, eu completava na minha mente, com um sorriso amarelo), eu fui me fechando. Dos 11 aos nem sei quantos anos eu fui a pessoa mais antissocial, mau humorada, rude, grossa e estúpida que alguém poderia conhecer. Eu era a maria encrenqueira, com respostas afiadas na ponta da língua pra qualquer gracinha que eu escutasse. Dava voltas no quarteirão pra não ter que passar por um grupo de garotos, porque mesmo que não fosse verdade, eu sentia e sabia que eles fariam uma piada. Cresci tendo aquele sentimento de desconfiança, achando que todos falavam de mim, do quão gorda eu era, e me sentia ignorada por todos à minha volta. Estou abrindo meu coração pra vocês, gordinhos e gordinhas que se sentem da mesma forma mas têm vergonha de admitir, ou dizem pra si que “esse é meu jeito, não tem nada a ver com a gordura”. Tem sim, acredita em mim 🙂

Cheguei ao auge dos meus (aproximadamente, porque eu fugia da balança) 115KG com uns 19, 20 anos, e eu me arrastava pelas ruas. Nenhuma roupa servia em mim, eu não tinha coragem de sair na rua, saía porque era obrigada. Tudo era mais difícil, sentar em ônibus naquela cadeira desconfortável, andar em dias de calor (MEU DEUS!), tudo era mais chato e complicado. Nem fotos daquela época eu tenho, porque eu me recusava a tirar fotos de corpo inteiro.. E quando eu via uma foto minha pelo falecido Orkut, Fotolog, MSN.. Ficava pra morrer, dizendo pra mim mesma que aquela não era eu. Eu via, mas não enxergava.

O post de hoje da série 50KG em 1 ano é uma pergunta de reflexão pra vocês… Como VOCÊS se sentem, de verdade, com tudo isso? Afirmam que não muda em nada, mas querem emagrecer uns kg? Dizem que é bobagem e que as suas personalidades são assim mesmo, independente da gordura? Parem e pensem em tudo o que o sobrepeso influencia, muda e te prende na vida. Sair pra balada? Praia, piscina (DEUS ME LIVRE, né?)…
Ou no fundo…. Vocês se prendem numa bolha de proteção ao mundo externo, criam muros que te protegem de tudo e todos? Eu quero saber de vocês, porque a jornada só começa quando a gente aceita a realidade. E vou falar sobre tudo isso com detalhes no vídeo de hoje:

Tô com vocês, recomeçando do ZERO. Hoje, com 64 – 65 kg, eu vim contar minha história pro mundo e ajudar você! Não esperem vídeos milagrosos, com receitas para emagrecer em 2 dias. Se é isso o que você quer, essa série não é pra você. Vou dar receitas e dicas sim, mas não AGORA. Vamos fazer um trabalho psicológico, pouco a pouco, pra gente mudar a cabeça, não só o peso 🙂

Por isso só vai me acompanhar quem quer de verdade mudar a vida! Se inscrevam no canal, CURTAM O VÍDEO pra eu saber que você continua aí do outro lado, sempre alerta! A série 50kg em 1 ano terá posts e vídeos novos toda segunda-feira, se Deus quiser! Não me abandone, porque eu não vou te abandonar 😉

50KG em 1 Ano, Todos os Posts

50KG EM 1 ANO: Post e vídeo de Introdução à nova série do blog!

Não tenho palavras pra descrever o tamanho do carinho de vocês no post de ontem, com a minha foto e antes e depois (pra quem não sabe, clica aqui). O blog teve o maior número de visualizações de todos os tempos (da vida do blog) e eu recebi muitas mensagens, carinho, comentários e pessoas me incentivando a contar mais sobre a minha jornada. Então eu vim aqui colocar a cara no mundo, mostrar o meu passado e incentivar VOCÊ a viver uma vida mais saudável. Estou contigo nessa jornada e não te largarei de mão, vamos começar? Assiste esse vídeo, porque eu sei que ele vai ser o passo inicial pra você querer mudar de vida. De coração pra todos vocês, aqui começa a série 50KG EM 1 ANO. Se inscrevam no canal e curtam o vídeo pra eu saber que você tá aí do outro lado interessado em aprender junto comigo!

Lembrando sempre, meu antes e depois:

Antes

Um beijo no coração de vocês! Eu vou começar a fazer um calendário pra série, com receitas, dicas, o que eu fiz e como eu fiz. A princípio devo ter upload da série toda segunda, e os posts sobre beleza durante a semana! Vamos que vamos! Estou animada e confiante! 🙂