Pensamento do dia, Todos os Posts

5 FORMAS DE TER MAIS TEMPO NO DIA

Muitas vezes nós nos vemos perdidos na vida, acumulando coisas “a fazer” na nossa listinha de to do. Se propor a fazer mais do que podemos é algo muito comum atualmente. A vida gira em torno de tempo é dinheiro, por isso tentamos fazer o máximo de coisas possíveis em pouco tempo. Mas o que acaba acontecendo é uma procrastinação ao olhar a lista – tenho muito a fazer em pouco tempo – pensamos. Isso acaba gerando o que eu chamo de paralisia produtiva. Uma paralisia em tudo o que você deveria e poderia ser produtivo, em todas as tarefas que você se propôs a fazer. No final do dia, vemos que não fizemos praticamente nada.

Este equilíbrio faz falta. Sempre fez, mas a gente não liga, finge não perceber. Arrumar tempo parece algo um tanto utópico. Mas será que esta premissa é verdadeira? Será que realmente a gente não tem tempo pra nada?

1. O primeiro passo que precisamos ter em mente é em saber o porquê de você querer mais tempo, mais equilíbrio na vida. Pergunte-se e seja franco consigo. Você quer mais tempo com a família? Mais tempo para cuidar do corpo e da mente? Mais tempo para lazer? Mais tempo para cuidar de projetos pessoais?

2. Depois que você descobriu o motivo pelo qual você desejaria ter mais equilíbrio na vida em relação a tempo x o que fazer, seja ainda mais crítico e sincero, ou seja, sem enganar-se. Pense em todas as distrações do seu dia e anote quais são. Sabe quando estamos em um novo plano alimentar e o nutricionista nos diz para anotarmos tudo o que comemos e todas as guloseimas que comemos? No final a gente sempre fica espantando em como comemos o tempo todo e em grande quantidade. O mesmo vale para as distrações do seu dia a dia. Anote tudo o que possivelmente tira alguns minutos ou horas do seu tempo. Vídeos no YouTube, blogs, televisão, videogame, aplicativos no celular, WhatsApp, Facebook, Twitter, PokémonGO, revistas de fofoca, sonecas, etc. Agora que você já sabe o que te distrai, tire uma média de quanto tempo isso lhe custa. Às vezes um simples episódio de seriado acaba se tornando maratona pra ver a série toda. Ou então um vídeo no YouTube se torna horas de procrastinação (quem não adora vídeos de gatos e cãezinhos?).

3. Estipule limites para tudo que possa consumir mais do seu tempo do que necessário. Veja 1 vídeo no YouTube e desligue o laptop, ou veja apenas 1 episódio do seu seriado favorito e desligue a TV. Responda à mensagens no WhatsApp por 10 minutos e depois ignore-as. Veja suas redes sociais (Instagram, Facebook, Twitter…) por 30 minutos e depois coloque o celular longe de você. Vá para a academia e malhe por 1 hora, ou 1h30m. Estipule limites de tempo para tudo o que você fizer. Se tiver uma reunião marcada, diga aos presentes que você tem apenas 45 minutos do seu tempo. Encontro com os amigos para uma cerveja? Não deixe que isso se torne um encontro de 4 horas + extensão na balada. Diga aos seus amigos que você tem muito o que fazer e infelizmente não poderá ficar por muito tempo hoje. Seja sincero, organize seu tempo e não faça nada além do planejado naquele determinado momento. Organização e planejamento são peças fundamentais para o equilíbrio da vida e para a produtividade ser maior.

4. Se leal a si. Faz parte da vida querermos dar todo o nosso tempo e o nosso melhor para o que nos pedem. Afinal de contas “me ajuda aqui, é só por um minutinho e depois você volta a estudar”. Quantos minutinhos do seu dia você disponibiliza para distrações pessoais e favores aos outros? Estes minutos se acumulam e no final da sua vida você procrastinou ou doou o seu tempo aos outros por anos e anos… Seja leal ao que você estipulou para si. Tenha gosto e orgulho de conseguir concluir algo exatamente como você planejou. Imprevistos acontecem, mas se você souber manejá-los corretamente, eles não te atrapalharão.

5. Disponibilize um dia da semana para ir com a maré. Tire um dia no final de semana ou até mesmo durante o dia de trabalho para não planejar nada, ir de acordo com o acontecer do dia. Desta forma você alcançará um status de equilíbrio mental, pois não estará obcecado e fixado em listas e horários para tudo.

Sempre falo que a chave de tudo é o equilíbrio. Físico, mental, espiritual, produtivo. Não dá pra ser 8 ou 80, como dizem. A beleza está em saber lidar com as curvas da vida, em saber lidar com o que estiver por vir, independente do que seja. Manejar o tempo é belo, é saber dançar enquanto a música muda e os ritmos se diferem uns dos outros.

A felicidade plena ocorre quando achamos o nosso equilíbrio para tudo.

Somos únicos em nossa essência e o meu equilíbrio não será igual ao seu. Talvez você precise de mais lazer, mais trabalho, mais comida, mais diversão. Encontre o que lhe agrada e encontre e porcentagem adequada ao seu estilo de vida. Mas lembre-se de que o equilíbrio só será alcançado caso você saiba organizar-se e planejar seu tempo adequadamente. BOA SORTE!

Anúncios
50KG em 1 Ano

Eu também cometo deslizes durante a dieta!

Sim! Finalmente vim com vídeo novo no Canal, para a alegria das minhas lindas! Como o vídeo é auto explicativo, não vou me prolongar no post. Mas quero agradecer o carinho de vocês que também não me abandonaram! Obrigada pelos emails, palavras carinhosas e com certeza isso me faz ter alegria e força pra continuar a seguir em frente. Vamos conferir o que aconteceu comigo durante esse mês de Junho? E tem participação especial no meio do vídeo! Hahaha!

50KG em 1 Ano

50 KG EM 1 ANO: como VOCÊ se sente?

50KG EM 1 ANO, o ápice do desespero.

Hoje eu vim aqui pra falar sobre algo que muita gente sente mas que quase ninguém tem a coragem de admitir, ou por diversas SE ENGANAM pensando que não tem nada a ver. Mas tem sim. Eu sei disso. Hoje eu vim falar do que o sobrepeso causa na nossa alma. Hã? Isso mesmo! Aqui vai um pouquinho da minha história, desde o comecinho.
Sempre fui uma criança gordinha, eu não fui o tipo de pessoa que engordou uns kg de um tempo pra cá, ou que relaxou e ganhou os kg todos que precisava perder. Eu sempre fui gordinha.

Então eu sempre “aprendi” a conviver com o sobrepeso, com as piadinhas, com a rejeição.. Antigamente as crianças faziam piadas e ninguém se importava, hoje em dia qualquer coisa é bullying. Pois bem, eu ainda sei de cór as músicas que criaram pra mim, com tanto carinho. Pra não dizer o contrário, hahaha. Elas ecoam na minha mente e hoje em dia não fazem tanta diferença, mas quando criança eram de matar o coração pouco a pouco. Na adolescência, a mesma coisa. Era a mais gordinha da sala, a mais sem graça, a “amigona” dos nerds, porque as bonitonas só andavam com.. as bonitonas, logicamente. Nunca reclamei, porque como eu disse acima, eu cresci aprendendo a ser gorda, aprendendo a conviver com isso.

Tá, e o que a alma tem a ver com tudo isso? De tanto me esconder, não sair, ser alvo de piadinhas (mesmo que umas sejam ‘ahh, você sabe que é brincadeira, boba’), ouvir de MUITAS PESSOAS “seu ROSTO é tão lindo” (lógico, do pescoço pra baixo é um horror, eu completava na minha mente, com um sorriso amarelo), eu fui me fechando. Dos 11 aos nem sei quantos anos eu fui a pessoa mais antissocial, mau humorada, rude, grossa e estúpida que alguém poderia conhecer. Eu era a maria encrenqueira, com respostas afiadas na ponta da língua pra qualquer gracinha que eu escutasse. Dava voltas no quarteirão pra não ter que passar por um grupo de garotos, porque mesmo que não fosse verdade, eu sentia e sabia que eles fariam uma piada. Cresci tendo aquele sentimento de desconfiança, achando que todos falavam de mim, do quão gorda eu era, e me sentia ignorada por todos à minha volta. Estou abrindo meu coração pra vocês, gordinhos e gordinhas que se sentem da mesma forma mas têm vergonha de admitir, ou dizem pra si que “esse é meu jeito, não tem nada a ver com a gordura”. Tem sim, acredita em mim 🙂

Cheguei ao auge dos meus (aproximadamente, porque eu fugia da balança) 115KG com uns 19, 20 anos, e eu me arrastava pelas ruas. Nenhuma roupa servia em mim, eu não tinha coragem de sair na rua, saía porque era obrigada. Tudo era mais difícil, sentar em ônibus naquela cadeira desconfortável, andar em dias de calor (MEU DEUS!), tudo era mais chato e complicado. Nem fotos daquela época eu tenho, porque eu me recusava a tirar fotos de corpo inteiro.. E quando eu via uma foto minha pelo falecido Orkut, Fotolog, MSN.. Ficava pra morrer, dizendo pra mim mesma que aquela não era eu. Eu via, mas não enxergava.

O post de hoje da série 50KG em 1 ano é uma pergunta de reflexão pra vocês… Como VOCÊS se sentem, de verdade, com tudo isso? Afirmam que não muda em nada, mas querem emagrecer uns kg? Dizem que é bobagem e que as suas personalidades são assim mesmo, independente da gordura? Parem e pensem em tudo o que o sobrepeso influencia, muda e te prende na vida. Sair pra balada? Praia, piscina (DEUS ME LIVRE, né?)…
Ou no fundo…. Vocês se prendem numa bolha de proteção ao mundo externo, criam muros que te protegem de tudo e todos? Eu quero saber de vocês, porque a jornada só começa quando a gente aceita a realidade. E vou falar sobre tudo isso com detalhes no vídeo de hoje:

Tô com vocês, recomeçando do ZERO. Hoje, com 64 – 65 kg, eu vim contar minha história pro mundo e ajudar você! Não esperem vídeos milagrosos, com receitas para emagrecer em 2 dias. Se é isso o que você quer, essa série não é pra você. Vou dar receitas e dicas sim, mas não AGORA. Vamos fazer um trabalho psicológico, pouco a pouco, pra gente mudar a cabeça, não só o peso 🙂

Por isso só vai me acompanhar quem quer de verdade mudar a vida! Se inscrevam no canal, CURTAM O VÍDEO pra eu saber que você continua aí do outro lado, sempre alerta! A série 50kg em 1 ano terá posts e vídeos novos toda segunda-feira, se Deus quiser! Não me abandone, porque eu não vou te abandonar 😉

50KG em 1 Ano, Todos os Posts

50KG EM 1 ANO: Post e vídeo de Introdução à nova série do blog!

Não tenho palavras pra descrever o tamanho do carinho de vocês no post de ontem, com a minha foto e antes e depois (pra quem não sabe, clica aqui). O blog teve o maior número de visualizações de todos os tempos (da vida do blog) e eu recebi muitas mensagens, carinho, comentários e pessoas me incentivando a contar mais sobre a minha jornada. Então eu vim aqui colocar a cara no mundo, mostrar o meu passado e incentivar VOCÊ a viver uma vida mais saudável. Estou contigo nessa jornada e não te largarei de mão, vamos começar? Assiste esse vídeo, porque eu sei que ele vai ser o passo inicial pra você querer mudar de vida. De coração pra todos vocês, aqui começa a série 50KG EM 1 ANO. Se inscrevam no canal e curtam o vídeo pra eu saber que você tá aí do outro lado interessado em aprender junto comigo!

Lembrando sempre, meu antes e depois:

Antes

Um beijo no coração de vocês! Eu vou começar a fazer um calendário pra série, com receitas, dicas, o que eu fiz e como eu fiz. A princípio devo ter upload da série toda segunda, e os posts sobre beleza durante a semana! Vamos que vamos! Estou animada e confiante! 🙂

Todos os Posts

NOVA SÉRIE: COMO PERDI 50 KG EM UM ANO

Postei sobre esse assunto no post anterior, mas eu vim em um post separado perguntar pra vocês algo muito importante. Pra quem não sabe, eu emagreci 50kg apenas com reeducação alimentar, fechando a boca e aprendendo a comer. Não teve cirurgia, remédios, milagres, shakes nem nada do tipo. Estou pensando em fazer vídeos contando um pouco da minha experiência, o que acham? Daí eu faria uma série de vídeos em partes, desde o início, o que eu faço, o que eu fiz.. O que mudou em mim. eu tenho um vídeo similar no meu canal no youtube mas ele é bem superficial, sem entrar em muitos detalhes. Eu não sei se isso se encaixaria no foco do blog, mas quero saber a opinião de vocês! Acham que vale a pena começar a série ‘Como perdi 50kg’ ? Deixem suas opiniões nos comentários, por favor!

Aqui vai a foto de antes e depois pra vocês compararem. Nem parece que sou eu, mas sou sim 🙂

Antes

Querem saber todos os meus segredos, truques e dicas? Deixem nos comentários, ou lá na página do facebook que eu prometo começar a série desde o início, até hoje! Com direito a muitas fotos e explicações detalhadas, além de responder as perguntas de todo mundo! 🙂